Rolé da crítica: Bagles, Filé e Soho

Bagles n’ a cup

20151114_093532

Fechou um minuto depois da minha última visita. Fico puta. Tem gente que não gosta, ok, mas eu achava o lugar uma graça e comi muito bem por lá. Comidinha no melhor nível “vamos tomar um café da manhã diferente hoje”.

Agora, aceitam encomendas, pedidas por whatsapp. Detalhes:

https://www.facebook.com/Bagelsnacup/

Ki-Filé

DSC_0320Não me batam, por favor. Sei que é uma casa super tradicional, que tem fregueses queridos há tempos, e que tem comida boa. É só que, na minha primeira e única visita até hoje (sim, tô atrasada), saiu tudo errado. Com exceção da heinenken 600 ml gelada, o que conta pontos para o retorno.

O molho do parmegiana tinha tanta cebola picada que eu, que amo cebola, fiquei agoniada. Não é um ingrediente da receita original e é um detalhe que precisa ser avisado para o cliente. Ninguém pede parmegiana para comer um monte de cebola.

O Oswaldo Aranha, que é um clássico, veio com aquele alho seco, picado, comprado como tempero. Putz, que decepção. Aquilo já é meio frito, então esturrica rápido na frigideira. A carne estava perfeita pra mim, mas muitas outras pessoas achariam o ponto muito baixo para um “ao ponto” (tipo, o meio tava cruzão).

Enfim, dei muito azar. Atendimento super atencioso e casa lotada, mas preciso voltar para comer direito.

Serviço: CLN 405A 55 – Asa Norte, Brasília – DF Telefone: (61) 3274-6363

Soho

DSC_0272A casa é hype até hoje. Tem clientes fiéis, transmite rhyqueza e requintchy, mas na última visita a comida estava blá, e o atendimento bem sofrível. Aliás, achei o número de garçons realmente baixo demais para a capacidade da casa, então, pode ser que tenha havido alguma falta não planejada.

De qualquer maneira, para o preço dos pratos achei tudo bem “mais do mesmo”, com exceção do edamame, que é o grão de soja verde e parece a ervilha torta, que veio muito duro (não sei se pela falta de cozimento ou se a qualidade do produto) e com aqueles “fios” da lateral para a gente ficar tirando. Acabou com minha teoria de que qualquer coisa fica boa com flor de sal.

Serviço: Ql 10 1/30 (Pontão) – Lago Sul, Brasília – DF, 71630-100 Telefone: (61) 3364-0580

2 comentários sobre “Rolé da crítica: Bagles, Filé e Soho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *