O novo Melhor e Pior de Bsb

Queridos Leitores,

como vocês já perceberam, O Melhor e o Pior de Bsb passou por algumas reformas.

Confesso que ainda estou tentando me adaptar. Eu e o WordPress não temos a melhor relação do mundo. Não chega aos pés do meu fracasso com o Excel, mas ainda estamos dialogando, tentando fazer tudo funcionar do melhor jeito para vocês e para mim. Ainda vai levar um tempo.

Para quem ainda não sabe, o Melhor e o Pior nasceu de uma vontade pessoal de falar sobre minhas experiências nos restaurantes. Eu já tinha outro blog, mas depois de perceber o tanto que eu e meu namorido, e futuro colaborador, torrávamos o dinheirinho de nada que sobrava comendo fora, eu vi que adoraria escrever sobre comida e sobre o ritual de ir a restaurantes.

Cinco anos se passaram e vieram os acessos, os comentários, os proprietários descontentes, os amigos blogueiros e a vontade de fazer algo cada vez melhor. Entretanto, nesse ínterim vieram também duas filhotas e um segundo trabalho para poder sustentá-las nesta cara Capital.

Sou considerada de classe média privilegiada. Afinal, se o Governo Federal diz que duas rendas individuais de R$288,00 ao mês constitui um lar de classe média, eu sou muito rhyca mesmo.

Mas, na prática, ficou cada vez mais difícil ir a um restaurante desconhecido, sob risco de gastar algo acima do meu orçamento familiar e, pior, para resultar num ‘NÃO ROLA!’. As postagens ficaram menos frequentes, e os leitores permaneceram, algo pelo qual eu agradeço, mas desanimei. Queria desistir, achei que não ia conseguir continuar. E cheguei muito perto de fechar o blog de vez.

Passado 2011, eu percebi que gosto muito disso aqui, de comer, de escrever, de divulgar minha perspectiva de cliente comum, de ouvir outros clientes comuns contarem suas experiências, e decidi que era hora de apostar minhas fichas de maneira mais racional, profissional.

Encorajada por amigos, leitores e colegas blogueiros, decidi criar uma política de anúncios. Se o blog se tornar auto-sustentável, eu poderei explorar cada vez mais, com cada vez menos receio, e  contar para vocês sobre as descobertas gastronômicas.

Já deixo avisado: RESTAURANTES NÃO PODEM ANUNCIAR.  Aliás, há muito tempo recebo propostas, inclusive de grandes franquias e mesmo precisando de ca$h, sempre disse não. A ética do blog permanece. Ele funciona sobre essa importante base.  Eu posso garantir que nunca postei por aqui uma matéria vendida, de pauta comprada.  E aviso ao anônimo que me deu a alfinetada: minha viagem ao Rio foi graças a meu 13º, e a uma amiga blogueira que me hospedou. Ainda não recebi nada pelos anúncios, pois estamos em fase de teste.

Então, é isso. A cara do blog mudou e estou tentando mantê-lo cada vez mais ativo, mas é um processo de renovação e adaptação árduo. Nossos pilares éticos permanecem. As notas matêm o propósito de avaliar as propostas gerais dos restaurantes. Quem as cumpre, leva nota boa. Quem não as cumpre, leva nota ruim.

Agradeço a todos pela atenção e pela lealdade!!!!

Beijos,

Lulu Peters

9 thoughts on “O novo Melhor e Pior de Bsb”

  1. Olá, sou daquelas leitoras que nunca comenta, mas que sempre está por aqui.

    Escrevo para tirar qualquer peso que esteja em suas costas…como você, sou blogueira. Participo de um blog coletivo de maternidade de Brasília e sei bem o quanto de tempo e dedicação (além de investimento econômico) um blog exige. E olha que no meu caso o fardo é dividido por 11!

    Aos anônimos e não anônimos que lhe criticarem pela opção do midia kit, uma dica: Dê um “Não rola!” e pronto.

    Seu blog é fantástico, atinge o objetivo e você parece se divertir escrevendo. O resto é só o resto.

    Torcendo para que a página receba muitas proposta legais de anúncios!

    Abraços, Lucyanna

    1. Lucyanna,

      obrigada demais pelo apoio!!! O seu blog é o bigmothernsbrasília, é isso? Eu adooooro dicas sobre maternidade de mulheres modernas e atualizadas!
      Realmente, tem vezes que sentimos a pressão do público mesmo sendo algo feito por puro gosto. Mas era midia kit ou parar! Valeu demais pela força, de verdade!

      Abraços, Luísa

    1. Valeu, Sérgio, quando tudo entrar nos ‘trinques’ vou analisar essa possibilidade, até lá, os leitores já podem contribuir através do Fala que eu Te Escuto. 😉

  2. Lulu, também não te conheço, mas sou leitora assídua e já fui a vários locais novos por indicações suas. Nem sempre nossas opiniões foram as mesmas, mas me parece admirável que uma pessoa separe parte do seu tempo para ajudar outras, dar dicas para conhecermos lugares legais e compartilhar bons momentos com quem gostamos. Comer com quem se gosta, pares ou amigos, é um dos rituais mais lindos da vida. Desejo sorte, e que o blog possa se expandir muito!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *