Hiraku

Na penúltima visita ao Hiraku, quando ainda era Miraku, a casa passou raspando na média. Ficou entre o ok, com alguns destaques, e um certo amadorismo no serviço. Faltava gerência e administração. Entretanto, não sei se foi o fim do ano ou o novo nome, mas na última visita não deu para salvar, nem por conselho de classe.

IMG291
O kani tava meio esponjoso.

Eu não sei bem o que dizer. O lugar é limpo, arrumado, bem localizado ali na 302 do Sudoeste. O preço do rodízio é bem em conta (R$45,90); a equipe é simpática, garçonetes atenciosas, mas alguma coisa lá não bate.

IMG284

Por exemplo, limitar a quantidade de espetinho de camarão a dois por pessoa, é uma coisa. Outra coisa é o espetinho ser composto por UM camarão. E como não há na casa o camarão empanado (em japonês acho que é ebi furai), fica-se quase sem nenhuma opção do crustáceo, que é super popular nos rodízios japoneses da cidade.

Em compensação, a casa vai e desperdiça shimeji, que também é caro, em porções grandes demais e mal executadas, insosso e um leve toque alcoólico.IMG282

O missô continua bom, mais temperado que de outros lugares (e talvez já até fuja do padrão); e os sushis e sashimis estavam ok, mas apenas ok.

Mas um fato que nunca tinha acontecido comigo foi pedir água mineral, e estar ‘em falta’.  Pode acontecer? Claro que pode. Mas eles estão a uma quadra de um supermercado, estão em cima de uma pizzaria, e cercados de padarias e outros estabelecimentos. Nós éramos a segunda de duas mesas da casa, ou seja, o lugar estava vazio. Será que custava tanto uma corridinha até o comércio?

IMG287

A garçonete ficou mortificada quando eu, sem conseguir me conter, soltei um sonoro ‘não tem água?!’. E veio encarecidamente me oferecer um copo com água da casa, ao que pensei ‘será que é do filtro mesmo?’.

IMG283

Enfim, muito chato. A casa, para mim, é cômoda por servir rodízio à noite (no Goemon, buffet é só no almoço) e ser perto de casa, mas não sei se vou pilhar de voltar lá… 🙁

NOTA DO BLOG: NÃO ROLA
DICA DO BLOG: talvez à la carte ou delivery?
Serviço: CLSW 302 bloco B.  3202-7841

 

3 comentários sobre “Hiraku

  1. Sinceramente, depois que descobri o Goemon (aqui mesmo no teu blog) acho que não vou a outro japonês em Brasília… antes disso eu ia ao Miraku, mas não tem comparação, o Goemon é muito superior…

  2. Quando fui, acho que tinha acabado de mudar de nome para Hiraku e gostei. A casa estava cheia, o atendimento foi bem atencioso e a comida estava gostosa. Mas achei “uó” essa história do camarão empanado um em cada espeto. Pra que se dar ao trabalho de colocar no espeto? Manda logo uma porção com 10, 15 (que nem no Tanabata). Agora não sabia que estava limitado a 2 por pessoa. Bom saber, nem volto mais lá!

    1. O pior é que, em Brasília, é sempre possível um mau dia da casa, ao invés de um desempenho ruim em geral. Mas é que dessa vez foram tantas coisinhas acumuladas, que desanimei. Mas, sei lá, vai que foi só o dia mesmo…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *