FESTIVAL GASTRONÔMICO ESPANHOL – Restaurante Miró

Já havia falado do Festival um post abaixo, e conseguimos, eu e André, participar desse evento ma.ra.vilhoso, que começou ontem – já aberto ao público em geral – e vai até sábado, 21/08. Gente, vale MUITO a pena conhecer.

O Brasil 21 Gastronomia, ligado à rede Meliá, agora abriga cerca de seis restaurantes, dentre eles o Miró, onde foi realizado o festival graças à luta e insistência da pequenina e arretada Chef Myriam Carvalho. O evento está super bem assessorado, organizado e conseguiu prover aquela experiência gastronômica completa, sabem? O ambiente é estiloso, o atendimento é excelente e, claro, o buffet está fantástico.

Uma composição equilibrada de tradicionais tapas e pratos da culinária espanhola, executados, em sua maioria, à perfeição, pelo Chef Valentim de La Hera, que veio especialmente de Madri para cozinhar no evento. Vale ressaltar que, conforme ele próprio alertou, houve uma certa divergência de sabores nas receitas pensadas e as de fato executadas por conta da ausência de vááários dos ingredientes comumente utilizados por lá, mas não tão acessíveis aqui – podemos destacar o açafrão brasileiro, que é bem diferente do espanhol, e o polvo, que é super popular e fresquinho por lá, e aqui é encontrado mais na versão congelada e a um preço mais caro.

Entretanto, esses obstáculos não tiraram o brilho da comida: torradas com molho de tomate ‘de verdade’ e presunto cru espanhol (não era o Pata Negra, mas era delicioso), uma fantástica ‘rosa’ de salmão marinado com um molho cremoso de açafrão (foto acima), tortillas espanholas (que são como uma omelete de batatas), gazpacho, sopa gelada de salmão (bem ácida, o que eu adoro), ‘sopa’ de favas (feijão branco) com linguiça, pisto de verduras com jamon (divino, lembra um ratatuille, mas que o chef não me ouça!) e lombo de porco fatiado com um molho muito bom, levemente agridoce (mas a carne tava meio sequinha).

Não acabou! Salada de bacalhau com azeitonas e laranja, carne bovina com uma finíssima crosta de cogumelos, e, meu preferido da noite toda, o salpicão de frutos do mar, super ‘simples’ e ‘direto’ no sabor, mas com cada ingrediente cozido ao ponto perfeito: lagostas fartas, peixes, polvo e camarão, entre outros, com lascas de pimentão vermelho.

paella, surpreendentemente, perdeu seu brilho face a tantas novidades. Os ingredientes do mais popular prato espanhol passaram bastante do ponto. Mas como foi a última coisa que eu provei e já estava rolando de tão cheia, não me chateou tanto.

Gente, eu tentei provar de tudo, mas foi impossível! E eu sou uma porquinha gorda assumida. Ainda tinha coelho, espetinho de bacalhau com pimentão vermelho, batatas ao molho de pimentão estilo sardela, e embutidos mil: salames, mais presunto cru, e umas linguiças recheadas com pistache e pimenta.

Enfim, vale os R$79,00 só pela fartura e qualidade da comida, além disso, o preço já inclui a deliciosa e super ‘combinante’ sangria espanhola e, de brinde, uma garrafa de azeite extra virgem da Carbonell (é extra virgem mesmo, pois a acidez máxima é de 0,5%).

Eu não tenho forças nem para entrar no mérito das sobremesas típicas. Mas eu, que nem sou fã de doces, provei várias.

Para quem puder, pegue as informações no texto anterior, reserve, dê um jeito, mas vá!

  • NOTA DO BLOG: SHOOOOOW!
  • DICA DO BLOG: não perca a ‘bruschetta’ espanhola, o salpicão, creme catalão de sobremesa, a sangria, e, ah, tenta de tudo um pouco, vai!
  • SERVIÇO: Complexo Brasil 21, Tryp Convention- Setor Hoteleiro Sul (SHS), quadra 06- Bloco B- 1° andar.(61) 3031- 2121.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *