Baco Pizzaria

Ah, pizza. Poucas coisas agradam tanta gente quanto uma boa pizza. Uma conjunção perfeita de ingredientes em uma fatia (ou várias). Uma das mais concisas, e ao mesmo tempo completas, experiências gastronômicas.

Não escondo minha preferência pela Baco. E olha que não foi um caso de amor à primeira vista, não. Me  levou certo tempo para apreciar ou até perceber todo o cuidado e a tradição que se incluem na receita da Baco. Ainda gosto de outras casas, como a Fratello, a Capodanno, e até de outras pizzas mais populares (agora que os preços flutuam entre R$45,00 e R$75,00).  Mas com a chegada da Verace Napoletana, a Baco ficou completamente irresistível para mim.

Também aprecio muito certas atitudes, como a produção artesanal de burrata – maravilhosa, diga-se de passagem, uma das melhores da cidade – , a valorização de produtos locais e, em contra ponto, a importação de produtos estrangeiros para garantir padronagem da napoletana, por exemplo. Além disso, a casa está sempre engajada com promoções, sabores sazonais, enfim, tudo que mostra cuidado com a pizza e com o cliente.

Massa rústica, mussarela de búfala (não consigo escrever muçarela, é um problema físico), presunto cru, abobrinha, linguiças, enfim, o que a Baco põe na pizza, fica ótimo.

A loja da Asa Sul sempre apetece pelo parquinho. É impressionante como brinquedotecas e parquinhos começam a guiar nossas opções gastronômicas. Mas depois de muito tempo, voltei lá para a pracinha da 309 norte, e, cara, que clima agradável! A pracinha – no horário ou nos dias em que não é tomada pela garotada do rock – garante aquela ‘saída’ de Brasília, pois fica parecendo outro lugar. O clima da pizzaria também contribui, pois é aconchegante demais. Mete umas taças de vinho pela Enomatic, e é noite boa na certa.

As pizzas com massa romana ou napoletana, em tamanho grande (8 fatias) ficam na faixa dos R$39,00 aos 63,90, valendo cada centavo.

Para quem é chegado no rodízio, a casa oferece por R$35,90 (valores reajustados!) aos domingos (R$48,00), nas duas lojas, na segunda-feira na Asa Sul, e na terça-feira na Asa Norte (R$38,00).

Linda demais, essa Baco!

NOTA DO BLOG: SHOW!
DICA DO BLOG: a clássica marguerita na versão Napoletana é obrigatória. Mas a com burrata, Parma e raspas de limão siciliano morará para sempre no meu coração.
Serviço: CLS 408 e CLN 309. Telefones: 3244-2292 e 3274-8600.

2 thoughts on “Baco Pizzaria”

  1. Quando degustei a massa Verace Napoletana na Asa Sul detestei, borrachuda e sem sabor… E convenhamos, R$ 45 a R$ 75 em uma pizza é um absurdo de caro. Sugiro que vá experimentar a pizza do Alfredo´s na 408 norte, forno à lenha, sabores diferenciados com abobrinha, berinjela e preço justo de R$ 20 a R$ 30, massa deliciosa e um detalhe, se come com a mão, o que eu acho mais charmoso ainda. NUNCA jamais eu pago mais de R$ 30 em uma pizza. Já o rodízio na ASA Norte da Bacco já fui algumas vezes e APROVO, a massa estava muito boa e recheios sensacionais, por isso o rodízio a R$ 35,90 apesar de um tiquim salgado ainda está justo.

  2. Eu gosto muito da Alfredo’s, Sérgio! Já escrevi sobre eles há muito tempo. Eu acho que a proposta dali é uma das melhores, porque praticamente ninguém faz pizza barata no forno à lenha.
    Em relação à Napoletana, acho que gosto pessoal é a última instância, mas o que é necessário admitir é que produtos como alcachofra, azeite trufado, presunto Parma, queijo Brie, burrata, muçarela de búfala e muitos outros utilizados nas pizzas da Baco são muito caros. Então, a pizza mais cara ser R$63,90 ainda é mais justo do que outras casas, como a Valentina, que, apesar de boa, tem preços ainda mais altos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *